Iluminação em ambientes hospitalares

Iluminação em ambientes hospitalares

Raquel Sousa Arquiteta

A iluminação em ambientes hospitalares com LED

Primeira situação importante de comentar é aquela ideia de que o ambiente hospitalar deve ter luz com temperatura de cor em 6000K , mas a verdade é que essa não é exatamente a opção mais adequada. O ideal é analisar cada ambiente e não generalizar uma temperatura de cor única.

Imagine então a área de internação, passar dias e dias em um ambiente que não traz uma sensação mínima de conforto pode ser uma experiência desagradável e deixar o paciente ainda mais ansioso para ir embora.

Nas imagens a seguir, podemos notar que ambientes diferentes receberam uma temperatura de cor da luz, igualmente, diferentes.

 

No quarto de hospital, onde normalmente o paciente fica internado por alguns dias a luz que eu indicaria é a indireta e com temperatura de cor entre 4000K e 3000K, dessa maneira possibilita uma atmosfera mais aconchegante e intimista.

Fonte: casa.abril.com.br

Fonte: casa.abril.com.br

 

Neste caso o consultório e sala de avaliações recebeu uma luz indireta de 5000K a 6000K que vem da sanca, uma solução que pode ser resolvida com fita de LED de alta potência, e também spots com uma iluminação direta sob a bancada.

FONTE: modernearquitetura.com.br

FONTE: modernearquitetura.com.br

 

Aqui a área de espera, recebe uma iluminação indireta e também alguns pontos focados. Nesta imagem podemos notar o quanto o ambiente é aconchegante.

FONTE: robartsspaces.com

FONTE: robartsspaces.com

 

Quando se trata de um hospital infantil, as luminárias e sua disposição podem ser instaladas de maneira despojada, aliada aos ,mobiliários com cor e formas diferentes. A luz indireta mais uma vez é uma ótima solução e por ser uma área de convívio traz uma sensação de conforto.

FONTE: archdaily.com.br

FONTE: archdaily.com.br

Participe, deixe seu comentário!